VEJA AS ULTIMAS COBERTURAS

MARMORARIA GRANFORTH

CASA DOS CICLISTAS

CURTA NO FACEBOOK!




VINTZ SANTA CRUZ/RN

SANTA CRUZ CLÍNICA VETERINARIA

SANTA CRUZ CLÍNICA VETERINARIA

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

RN tem 62% dos municípios com alta incidência de dengue, diz secretaria


Natal e Parnamirim são municípios com maior número de notificações.
Casos caíram mais de 30% em comparação ao mesmo período de 2012.


Adicionar legenda
Dos 167 do Rio Grande do Norte, 104 apresentam alta incidência de dengue, de acordo com boletim divulgado nesta quarta-feira (27) pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesap). O número representa 62% de cidades do estado. Porém o número de casos registrados entre janeiro deste ano e o último dia 9 apontam uma redução de 33% da doença em relação ao mesmo período de 2012. Foram ao todo 8.713 confirmações, enquanto o ano passado registrou 13.013.



Ainda de acordo com a Sesap, o estado apresentou 23.123 notificações de suspeitas de dengue, o que aponta uma queda de 32,83% a 2012, quando foram registradas 34.424 notificações.

Do total de municípios potiguares, 24 estão com média incidência da doença, 34 com baixa e 5 com incidência silenciosa. Os cinco municípios que apresentam as maiores notificações de casos suspeitos são: Natal, com 4.074; Parnamirim, que teve 2.017; Santa Cruz, que registrou 1.567; Pau dos Ferros com 1.314; e, por fim, Caicó, com 1.314.

O Programa Estadual de Controle da Dengue reforça junto à população alguns cuidados básicos diante da doença, como: eliminar os criadouros do mosquito Aedes aegypti, não jogar lixo em terrenos baldios, evitar recipientes que acumulem água e limpar periodicamente as caixas d’água, deixando-as tampadas.

A técnica, Sílvia Dinara Alves, responsável pelo programa, atenta para o perigo da doença, que pode matar. “Trata-se de uma doença séria, que pode levar à morte, embora os sintomas sejam semelhantes aos de uma virose comum”, afirma. Ela ainda destaca que caso apareçam sintomas, como dores musculares, nas articulações e olhos, além de náuseas, vômitos, cefaleia e febre, as pessoas devem procurar imediatamente o posto de saúde mais próximo e evitar a automedicação.

Nenhum comentário: