VEJA AS ULTIMAS COBERTURAS

MARMORARIA GRANFORTH

VINTZ SANTA CRUZ/RN

CASA DOS CICLISTAS

CURTA NO FACEBOOK!




SANTA CRUZ CLÍNICA VETERINARIA

SANTA CRUZ CLÍNICA VETERINARIA

terça-feira, 26 de novembro de 2019

Estudo indica que 2019 pode terminar como o 2º ano mais quente


Não é a toa que o dicionário Oxford escolheu duas palavras (e não uma, como de costume) para representar o ano de 2019: emergência climática. A coisa está esquentando mesmo!

No último dia 18 de novembro, a Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA, na sigla em inglês), agência científica dos Estados Unidos, publicou um estudo que classifica 2019 como possivelmente o segundo ano mais quente dos últimos 140 anos. A NOAA monitora a temperatura global tanto nos oceanos quanto na superfície desde 1880. De acordo com o levantamento, entre janeiro e outubro deste ano, a temperatura nos oceanos e na superfície ficou 0,94 °C acima do que a média de 14,11 °C para esse período em todo o século 20. O recorde, porém, ainda pertence ao ano de 2016, que registrou nesses meses uma alta de 1,19 °C em relação à média para essa época do ano ao longo do século passado.

Os locais do planeta com a maior alta de temperatura foram Alasca, noroeste do Canadá e a Rússia central – onde os termômetros se mantiveram ao menos 2 °C acima da média. Já o centro-norte dos Estados Unidos e centro-sul do Canadá apresentaram temperaturas 1°C abaixo da média para janeiro e outubro.

Temperaturas acima do normal também foram registradas no centro-sul da África, em Madagascar, na Ásia, na América do Sul e nos oceanos Índico, Pacífico e Atlântico.

Outubro

Também chama atenção no estudo que outubro de 2019 foi um dos mais quentes dos últimos 140 anos. Com uma média de 0.98 °C acima da média para o mesmo mês em todo o século 20, outubro deste ano foi o segundo mais quente desde 1880. O recorde ainda é de outubro de 2015.

Os rankings dos dez meses de outubro mais quentes dos últimos 140 anos está concentrado a partir de 2003 – mas o top 5 fica com os cinco outubros entre 2015 e 2019.

Segundo o levantamento, essa é a 43ª vez consecutiva que a temperatura neste mês fica acima da média em relação a outubros do século 20. Os recordes nos termômetros em outubro deste ano aconteceram principalmente no norte e no oeste do oceano Pacífico, no nordeste do Canadá, no sul do oceano Atlântico, na África, na Europa, no Oriente Médio, na América do Sul e no oceano Índico.

Nenhum comentário: