CASA DOS CICLISTAS

VINTZ SANTA CRUZ/RN

MARMORARIA GRANFORTH

Museu Rural Auta Pinheiro Bezerra

CURTA NO FACEBOOK!




segunda-feira, 20 de dezembro de 2021

Coreia do Norte proíbe risadas, bebidas alcoólicas e demonstrações de felicidade por 11 dias




A Coreia do Norte (RN) proibiu que cidadãos demonstrem sinais de felicidade por 11 dias, contados a partir da última sexta-feira (17). A determinação é em razão do período do 10º aniversário de morte de Kim Jong-il, pai de Kim Jong-un. Ele comandou o país de 1994 até 2011.

Por 11 dias, os norte-coreanos não poderão sorrir ou dar risadas, ingerir bebida alcoólica ou praticar atividades de lazer. Na sexta-feira (17), data exata que o Jong-il morreu, a população não pôde fazer compras.

O pai do atual líder da Coreia do Norte teria falecido depois um infarto a bordo de seu trem particular, na manhã de 17 de dezembro de 2011. O cortejo e o funeral foram realizados em Pyongyang, 11 dias mais tarde, com o atual líder, Kim Jong-un, ao lado do carro funerário.

Uma das nações mais isoladas do mundo, a Coreia do Norte relembrou na última nesta 6ª feira (17.dez) os 10 anos da morte de Kim Jong-il. Ao mesmo tempo em que vangloria o regime e o ex-comandante com reverências artísticas e midiáticas, Pyongyang enaltece também seu atual líder, Kim Jong-un.

Aos 37 anos, Kim Jong-un completa uma década no comando do país asiático, e as comemorações têm apelos nacionalistas por maior lealdade pública ao regime. O foco do ditador, no entanto, pode estar ainda mais voltado para a necessidade de tirar o país das dificuldades econômicas enfrentadas principalmente devido à pandemia de covid-19.

Poder 360








Nenhum comentário: