VEJA AS ULTIMAS COBERTURAS

MARMORARIA GRANFORTH

CASA DOS CICLISTAS

CURTA NO FACEBOOK!




VINTZ SANTA CRUZ/RN

SANTA CRUZ CLÍNICA VETERINARIA

SANTA CRUZ CLÍNICA VETERINARIA

segunda-feira, 7 de outubro de 2019

De virada, Brasil derrota o Irã e soma cinco vitórias no Japão


A seleção brasileira masculina de vôlei manteve a invencibilidade na Copa do Mundo, em Nagano, Japão, ao vencer o Irã, na madrugada de domingo, em sua quinta partida na competição, por 3 sets a 1, de virada (25/27, 25/21, 27/25 e 25/22).
Nas primeiras rodadas, o Brasil já havia derrotado Canadá, Austrália, Egito e Rússia. O time do técnico Renan Dal Zotto soma 15 pontos e lidera a tabela entre as 12 seleções participantes. A competição terá, agora, dois dias de folga. Nesta segunda-feira, a seleção brasileira viaja para Hiroshima, onde jogará contra Argentina, Estados Unidos, Tunísia, Polônia, Japão e Itália.
Na vitória sobre os iranianos, o ponteiro Leal e o oposto Alan foram os maiores pontuadores do Brasil, com 16 acertos cada um. Leal marcou 14 vezes no ataque, uma vez no bloqueio e uma vez de saque. Alan pontuou 15 vezes no ataque e uma no saque. Outro destaque foi o central Lucão, com 14 pontos (12 de ataque e dois de bloqueio). Ele comentou a reação da equipe, após perder o primeiro set.
“Tem uma palavra que usamos desde 2015 que é resiliência. Esse campeonato é muito cansativo. Viemos de partidas muito pesadas, como o do Rússia no sábado, e o Irã jogou muito bem, com baixo nível de erro”, afirmou Lucão, que analisou o futuro da equipe no torneio.
“Nós não conseguimos sacar tão bem, talvez por estarmos mais cansados, e eles conseguiram ter uma rodada de bola muito agora. Agora temos dois dias para descansar e recuperar as energias porque sabemos que em Hiroshima vai ser pesado também”, afirmou Lucão.
O técnico Renan elogiou o adversário. “Foi um jogo extremamente difícil e já sabíamos que iríamos encontrar essas dificuldades. Historicamente, Brasil e Irã sempre fazem jogos disputados, jogados ponto a ponto. A seleção deles tem uma característica de sistema de defesa e contra-ataque excepcional, além de ser uma equipe que erra muito pouco.”
Renan festejou o resultado. “Fico feliz por essa vitória de três pontos. Hoje o jogo estava completamente aberto e saímos satisfeitos pela vitória justamente porque a seleção do Irã nos colocou em muitas dificuldades durante o jogo.”
O Brasil começou o jogo com Bruno, Alan, Lucão, Maurício Souza, Leal e Lucarelli, além do líbero Thales. Entraram: Felipe Roque, Fernando, Maurício Borges, Douglas e Flávio.

Nenhum comentário: