MARMORARIA GRANFORTH

Vintz

CURTA NO FACEBOOK!




quinta-feira, 19 de julho de 2018

Para pagar promessa, pai coloca nome de Francisco em 17 filhos

Imagem feita em 2004 com os matriarcas e oito irmãos Franciscos (Foto: Arquivo Pessoal)
Família é natural de Carnaubais, no interior do RN. Ao todo, são 11 Franciscos e 6 Franciscas.

Francisca Primeira, Francisca Segunda, Francisca Terceira... E assim por diante até Francisco Décimo Sexto. Esses são os nomes de irmãos que nasceram no município de Carnaubais, na região Oeste potiguar. Ao todo, são 11 Franciscos e 6 Franciscas. Atualmente, 9 deles estão vivos e com idades entre 46 e 64 anos.

De acordo com Francisca Segunda, filha do casal Tarcísio de Moura e Terezinha Pinheiro, os nomes idênticos se deu por causa de uma promessa feita pelo seu pai durante a juventude.

"Ele teve tuberculose e ficou muito doente. Então, fez uma promessa para São Francisco, que se ele ficasse curado e tivesse filhos, todos irão ter o nome Francisco ou Francisca. Aí ele ficou bom, casou e teve a gente", conta Segunda, que mora em Assu, também no Oeste potiguar. Ela explica que a questão numérica não fez parte da promessa. "Meu pai gostava muito de brincar e inventou essa ordem para os filhos", diz ela, aos risos.

Um dos mais jovens entre os irmãos, Francisco Décimo Quarto, de 50 anos, conta que durante o período escolar muitas pessoas brincavam com os nomes dos irmãos. "Na escola muita gente estranhava e fazia piadas, mas agora o povo se acostumou", afirma.

Outro fato curioso é que o irmão mais novo não recebeu numeração. O décimo sétimo filho chama-se Francisco Onésimo, um nome bíblico, dado por influência de Francisca Segunda.

"Eu disse para meu pai que não precisava mais colocar ordem numérica nos filhos. Aí fiz a cabeça dele para registrar com o nome Onésimo, que sempre gostei muito", revela Francisca.

Atualmente, parte dos irmãos moram em Assu e outra em Natal. Os pais são falecidos.

Terezinha Pinheiro faleceu em 2011 e Tarcísio de Moura em 2014 (Foto: Arquivo Pessoal )

G1 RN

Postar um comentário